Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


calendário

Janeiro 2017

D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031




Texto: Mas tu é que estás bem!

Chantilly, Terça-feira, 13.09.16

bem-estar-do-corpo1.jpg

Eu já devia ter desabafado no papel à algum tempo mas a verdade é que há momentos na vida que temos plena consciência o quão superficial é o mundo! A cada dia que passa mais me apercebo disso e perco a esperança na humanidade... começo a perceber que ela simplesmente morreu.

As pessoas a cada dia que passa estão mais estúpidas e não se dão ao trabalho de olhar para o lado ou de tentar compreender o que os outros fazem de diferente ou percorrer os seus caminhos mas querem os mesmos resultados sem a parte dura da coisa. Isso magoa-me profundamente ver o que se passa à minha volta porque as pessoas só reparam em nos por dois motivos:

 

1. Criticar as nossas decisões

2. Ver o quão sortudos nos somos

 

A primeira opção é completamente desnecessária e infelizmente dispensa apresentações, todos convivemos com ela diariamente portanto não falarei sobre o assunto.

Agora a segunda hipótese... Hummm... À primeira vista é uma grande bênção mas na realidade não passa de um presente envenenado. Serve habitualmente como uma arma de arremesso ou de ataque surpresa de forma subtil. " Aí estou tão mal mas tu é que estás bem porque... Aí coitadinho(a) de mim porque..."

As vezes até fico a saber muitas coisas sobre a minha vida que até fico intrigada por saber mais pormenores que desconhecia mas claro sou da opinião que se estou bem ou mal só a minha pessoa diz respeito e alias sou capaz de arriscar se calhar mas só se calhar fiz para conseguir... Digo eu! Mas se calhar até sou um alien e não sabia.

Vou ser sincera não estava familiarizada com esta dinâmica até o meu pai falecer e me dizerem na cara nem três meses após o seu falecimento "mas tu é que estas bem porque com a morte do teu pai a tua casa ficou  paga... os meus pais têm de continuar a pagar a renda todos os meses." Só a mim faz confusão estas frase? Sim é verdade! A casa que os meus pais compraram e na altura eu residia e ainda reside a minha mãe ficou paga pelo seguro mas alguém realmente acredita (pelos vistos a autora da frase acredita piamente) ou é completamente otário ou insensível para achar que isso consola alguém!? Ainda hoje preferia estarem a pagar a casa e o meu pai estar comigo mas de repente devo ser a única pessoa a pensar assim!! Até hoje não consigo perceber se aquela afirmação foi mal dita ou é realmente maldita...

Alias agora a conversa é outra "a tua filha ainda não nasceu e já tem casa própria, o meu filho não tem..." É engraçado ouvir pessoas imaturas sete e nove anos mais velhas dizerem coisas estúpidas como estas... assim de repente apetece-me ir ao banco perguntar se a casa está paga na totalidade porque só pode eles terem-ma dado e eu não saber. A prestação saí todos os meses portanto deve estar algo errado...

Ou então "tu é que estas bem, saíste de casa e estas bem, eu se sair vou ter de sair com uma mão na frente e outra atrás..." Sempre que me dizem isto respiro bem fundo para não me irritar porque quase todas as pessoas, para não dizer todas, quando saem debaixo da asinha dos pais realmente saem com uma mãozinha na frente e outra atrás. Adivinhem só com os vossos pais não foi diferente... com os vossos avós também não foi... nem antes disso. Eu sai porque senti que já estava na altura de sair. Sai sem qualquer apoio financeiro da minha mãe, ela não podia ajudar-me, e na altura tinha um emprego precário. Passei por varias dificuldades financeiros mas graças a Deus nunca passei fome e sempre acreditei que tudo iria melhorar.

Quando conto isso em vez de verem como incentivo que é possível fazerem-se à vida dizem "mas o teu namorado é rico por isso que saiste de casa". Ele não é rico nem o conhecia quando saí de casa mas as pessoas gostam de inventar. Alias o meu namorado não saiu só de casa como saiu do país dele e atravessou o oceano atlântico. Durante mais de um ano dormiu no chão e trabalhava para ter o que comer.

Em vez de verem o exemplo de luta e garra de uma pessoa que nem é de cá, só conseguem ver que ele tem um bom emprego no hospital mas ninguém está disposto a começar por baixo como ele fez nem a lutar como ele lutou. Ninguém está disposto abdicar de muita coisa especialmente na nossa idade (eu só tenho vinte e seis anos e ele trinta) como saídas à noite, bebedeiras, jantaradas de grupo, jantares super românticos e chiques, roupas de marca em prol de um sonho de termos uma vida estável onde criar a nossa filha...

Pois as pessoas querem o que os outros têm mas não estão dispostas a fazer o que pessoas que "caiu tudo de mão beijada" fazem, então como esperam resultados diferentes? Eu quando fiquei insatisfeita com a vida que tinha mudei de estratégia façam o mesmo, não esperem que caia do céu porque a frase cliché que "a única coisa que caiu do céu é chuva" é bem real.

Portanto, aprendam de uma vez por todas gente nojentinha que gosta de dizer que eu que estou bem e vocês é que são uns coitadinhos, façam-se à vidinha porque dos fracos não reza a história.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Chantilly

Desafio não aceite!

Chantilly, Sexta-feira, 26.08.16

Não sei se repararam mas nas redes sociais anda um desafio a decorrer em que se coloca uma foto a preto e branco de apoio à luta contra o cancro. Não quero ser repetitiva, até porque já falei do assunto aqui, mas é realmente um assunto que me deixa com bastante urticária e realmente chateada.
Em primeiro lugar isso magoa as pessoas e vou ser super clara e mais clara é impossível... Eu convivi e convivo com pessoas com cancro e ver esse tipo de coisas só deixa as pessoas TRISTES... e o pior deixa-os com a ideia que são uns pobres coitadinhos. Isso é dos piores sentimentos que as pessoas podem ter especialmente quando estão doentes.
Segundo, as pessoas que convivem ou conviveram com pessoas com cancro também ficam tristes... Eu olho para aquelas fotos e só penso na minha prima sem cabelo e a sofrer por causa das dores da quimioterapia. Penso no pai da minha melhor amiga e no quanto ele sofreu e ainda hoje sofre, apesar de ter passado tantos anos, por sequelas do cancro. Penso no sofrimento de outra amiga porque o cancro pode voltar.
Penso no meu pai que faleceu com cancro e a tudo que tive de assistir ao longo da jornada dele durante a luta. Lembro da madrugada que ele morreu. Lembro da casa de banho pintada de sangue (é realmente uma linda imagem para recordar por toda a vida sem qualquer duvida)... Lembro da aflição que senti quando ele quase morreu nos meus braços... Lembro-me o que senti quando me disseram que ele tinha falecido. Lembro-me o que senti (e ainda hoje sinto) durante longos meses a fio por não poder falar com uma das melhores pessoas que conheci... se não a melhor.
Acham sinceramente que isso é algum bom sentimento para alguém sentir? Não basta saber que o meu pai não está presente no Natal, meu aniversário, pascoa, entrar na casa que ele vivia e não estar lá, não receber telefonemas dele, não estar em datas importantes como no baptizado da minha filha, nunca ter a oportunidade de ser levada ao altar por ele nem estar presente nesse dia... ainda tenho de lidar com otários que "querem ajudar".
Querem ajudar vão fazer voluntariado no IPO ou na liga portuguesa contra o cancro. Doem sangue. Doem medula. Doem cabelo. Doem dinheiro nem que seja 10€. Doem o vosso tempo a conhecidos que passam pela doença porque muitas vezes só querem conversar especialmente sobre algo completamente diferente daquilo que lidam todos os dias: a doença. Porque não dão alimentos ou dinheiro a quem tem cancro, sim porque a maior parte do dinheiro que as pessoas possuem vai para medicamentos e os tratamentos e muitas vezes passam necessidades...
Além de todo o sofrimento que fazem as pessoas sentir desnecessariamente com a possa "ajuda", eu pergunto em quê que a m**** da foto ajuda na luta contra o cancro? Desculpem a pergunta mas sou ignorante e não sei realmente em que isso ajuda as pessoas que tem cancro. Alias porque continuo a escrever quando a maior parte das pessoas que fazem essa "ajuda" já saíram do blog ao fim do segundo paragrafo? Corja da sociedade!

Autoria e outros dados (tags, etc)

Chantilly

As nossas escolhas...

Chantilly, Sábado, 11.06.16

escolhas.jpg

As nossas escolhas definem para onde iremos e quem somos. E eu sei que fui longe demais nesta árdua busca de encontrar o meu próprio caminho e quando me dei conta já estava muito distante do que era e perto demais de quem não queria ser... mas a fé enxerga o que os olhos não podem ver, portanto vou continuar a tentar ser cada vez melhor porque o passado está na minha cabeça, mas o futuro está nas minhas mãos.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Chantilly

The Walking Dead: Sinto-me irritada! (contém spoiler)

Chantilly, Segunda-feira, 11.04.16

4UdE2wWe_400x400.jpg

Namorado está a ver "the Walking dead" (ou como vi alguém escrever na semana passada "De ok Indet") e eu sento no sofá num momento aleatório. Surge então a seguinte conversa.

- Por que sempre que sento durante esta série está a choramingas na tela? Aliás porque ela é tão choramingas?
- Ela não quer matar mais ninguém!
- Mas ela não matava na temporada passada?
- Sim mas voltou ao que era até à 3 temporada.
- Mas ela só matava zumbis?
- Não, ela matava tudo que aparecesse... mas agora não quer matar!
- Eu também queria muita coisa e o euro milhões era uma delas... Essa filha da p*** (lamento a linguagem mas a mulher realmente me stressa) que se faça mulher que já não a suporto.
- Mas tu só a viste duas vezes!!! - responde-me completamente indignado.
- E chegou! Já estou farta dela.
- Coitada sofreu tanto... a filha morreu e o marido...
- Batia-lhe eu sei, Diego... Mais motivos tinha para não ser uma choramingas. Na minha opinião, devia morrer. Aliás já devia ter morrido.

Passa a cena para o grupo maravilha que está em guerra com outro grupo.
- Dá-me vontade de bater nesses gajos todos de tão burros que são... Não percebem que os inimigos são os zumbis e andam aí armar uma guerra estupida com outros seres humanos. Que desperdício de tempo e energia!
- Estás enganada porque isto não é uma série de mortos-vivos. Isto é uma serie sobre pessoas e como as pessoas realmente são por dentro. Os mortos-vivos são apenas mais um obstáculo da vida...
- Que profundo, Diego! - Silêncio - Mas tu estas a falar a sério!? - pergunto indignada.
- Sim!
Penso um pouco e digo muito rápido.
- Então eles deviam de matar esses gajos todos e a questão ficava resolvida.
- Estas maluca ainda morria alguém importante... - responde-me todo indignado.

Levanto mas quando volto a sentar passado um bocado as minhas preces estão a ser ouvidas porque a Carol (a mulher que não quer matar) está a levar com chumbinho... Mas aquela mulher tem um anjinho da guarda muito bom. PORQUÊ!?

O Negan, o suposto vilão da história, afinal de contas é um retrato de realidade sem falsos moralismos... foi espectacular, tenho de admitir que afinal a história não é sobre mortos-vivos.
Então esse ser quer bater num personagem do grupinho maravilha como pagamento deles terem matado alguns dos seus escravos em autodefesa (segundo me apercebi)...
Negan: Tive uma ideia!
- Está com cara de maluco portanto a ideia brilhante é bater em todos!!
Negan: Pim Pam Pum...
- Só podes estar a gozar comigo... - Silêncio - mas também serve.

Quando acaba o episódio namorado continua chocado olhar para a tela.
- Diego, volta para trás. Mas afinal em quem ele escolheu?
- Ele matou um personagem principal.
- Diego não sejas dramático não matou nada. Ele só disse que ia bater... e talvez espancar.
- Quando morre alguém não dá a música do final...
- Claro, Diego. Pára de brincar.
- Estou a falar a sério.
- Então quem ele matou!?
- Não sei! - Diz cabisbaixo.
- Quem ele matou? Quem ele matou? - Grito enquanto o abano. - Eu tenho de saber...
- Agora só em Outubro!!

Conclusão: Apetece-me desfazer a televisão toda. Isto não se faz mas afinal quem é que MORREU??? Eu não aguento até Outubro... Só passou uma semana e eu já não aguento mais. Que é suposto eu fazer esta noite sem a série para eu saber quem morreu? Já percebi que tenho de esperar até Outubro para saber quem morreu. Sim, porque eu só quero saber isso. Depois vou levantar do sofá e volto à minha vidinha... ou não.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Chantilly

Três hábitos alimentares que podem mudar a tua vida

Chantilly, Quarta-feira, 17.02.16

Sabias que a maioria das respostas aos teus problemas de saúde está na alimentação?

 

Respeita as estações, clima e geografia

Estações.jpg

Comer alimentos fora época ou oriundos de clima diferente afecta a tua imunidade. Não estamos isolados num ecossistema e, portanto, existe uma afinidade entre os microrganismos presente na Terra e os microrganismos presente na tua flora intestinal, então, crias melhor harmonia com o meio quando te alimentas com alimentos que crescem do teu país ou em clima semelhante. Deves sempre seguir o ritmo da Natureza.

 

Os lacticínios

Leite.jpg

Actualmente, estamos habituados a ter à disposição lacticínios. É fácil acordar e bebermos uma caneca de leite. É fácil ir para o trabalho ou para a escola e levar um iogurte liquido. É fácil e são bens considerados de primeira necessidade. Mas, o leite é só verdadeiramente necessário até aos três anos e, portanto, como o homem não precisa de lacticínios em adulto, estes são culpados de muitos males...

E em relação aos lacticínios prevenirem a osteoporose é mentira. Sempre ouvimos dizer que os lacticínios tinham muitos cálcio, e é verdade, mas o cálcio presente nos lacticínios pouco ou nada é absorvido pelo organismo. O cálcio proveniente dos vegetais de folhas verde, como os espinafres, são mais facilmente absorvidos.

Para semana faço um post como evitar os lacticínios.

 

Reduz a carne

Carne.jpg

Nos somos hominívoros e não carnívoros mas estamos avançar para uma sociedade que cada vez mais consume exageradamente carne e pouco ou nada se alimenta de frutos e vegetais e isso trará consequencias para a saúde como o aumento de incidentes do cancro do cólon e mama, doenças cardiovasculares e osteoporose. E, como entra rapidamente em decomposição nos intestinos, contribui para a destruição da flora intestinal. Além que a gordura saturada entope as artérias e como a carne tem uma grande quantidade de antibióticos e hormonas, estas poderão ser absorvidas pelo teu organismo.

Há muitos vegetais proteicos alternativos, como o feijão, soja e tofu. Uma alimentação com pouca carne não é necessariamente uma alimentação pouco variada, horrível e pouco nutritiva.

Não acho que devas ser vegetariano mas acho que devemos comer de forma mais moderada.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Chantilly



Bem-vinda!

Chocolate quente com chantilly foi criado para puder partilhar as minhas opiniões, dúvidas, dilemas e as mil e uma ideias que correm na minha cabeça. Também expressarei os meus conhecimentos sobre os assuntos que mais me despertam interesse e também servirá de desculpa para os puder aprofundar.

Falarei um pouco sobre tudo. Textos de opinião, moda, beleza, saúde, relacionamentos, séries, música, filmes, entre outros. Antes de mais quero deixar a promessa de esperança de num futuro próximo puder tratar de muitos mais temas.

Espero ainda que compreendas que não sou nenhuma profissional ou expert nos assuntos que tratarei, simplesmente, adoro pesquisar sobre os mesmos pois gosto muito de aprender sobre aquilo que me rodeia. Portanto, se houver algo que esteja incorrecto ou não concordes, comenta porque terei todo o gosto em ler e responder ou até corrigir se necessário.

Para finalizar, espero que te identifiques comigo.


Carpe diem!