Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Finalmente a mascara caiu!

Chantilly, Quinta-feira, 31.01.13

            Ninguém anda com uma mascara sorridente 365 dias por ano... Mais cedo ou mais tarde as lágrimas que engoli, tantas vezes, em seco vão cair e nada nem ninguém as vai impedir. Desta vez não as vou impedir... Sempre pensei que chorar significava ser fraco. Acreditei nessa mentira demasiado tempo e agora sei que estava enganada. Lágrimas não são sinal de fraqueza.

            Ser forte é dar-se ao prazer de ser fraco de vez em quando. Ser forte é chorar quando se necessita. Ser forte é deixar que alguém lhe dê a mão quando não se tem mais forças para lutar.

            Eu sou fraca. Hoje sei que sempre o fui e espero no futuro não o ser. Eu sou uma armada em forte. Cai diversas vezes e levantei-me sempre, mas nunca precisei de ajuda. Superei muita coisa a sorrir. Sofri muito mas fiz sempre o meu caminho sozinha. Nunca quis o apoio de ninguém porque achava que era fraqueza.

            Neste momento só queria chorar. Queria ser fraca só por hoje. Queria parar de ver o mundo a desabar diante dos meus olhos. Ou serei eu que estou a desabar? O mais provável é ser eu. A desabar. A saturar. A sufocar. A rebentar.

            Quando imagino a minha mente vejo os meus problemas arrumados em caixinhas. As caixas bem arrumadas em prateleiras e por ordem alfabética. Tudo perfeitamente decorado, arrumado e limpo. Mas também uma bomba relógio preste a explodir a qualquer momento.

            Preciso urgentemente de abrir e explorar cada caixa. Chorar como não houvesse amanhã e finalmente conseguir paz. Uma paz diferente. Uma paz sem medos de cada caixa se poder abrir a qualquer momento sem permissão. Paz para conseguir deixar o passado para atrás sem medos nem reservas. Preciso urgentemente fazer isso para seguir o meu caminho...

            Acima de tudo, preciso de alguém que me compreenda de verdade e não me julgue pelos meus medos e fraquezas. Preciso de alguém que perceba que sou uma bomba relógio. Preciso de alguém que aceite os meus medos irracionais e me apoie a todo o momento. Preciso de alguém que saiba que não sou perfeita e perdoe cada passo errado que dou. Queria que tivesses preparado para isto tudo e muito mais... mas não estás!

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

Chantilly


Comentários

De Isabela a 01.02.2013 às 17:48

Tens de colocar sempre em primeiro lugar o teu bem-estar e depois o dos outros. Isto de usar máscaras para agradar a meio mundo é mau para ti, porque estás a reprimir-te e a esconder quem és...penso que está na altura de resolveres os teus problemas, um por um! Vais ver que quando acabares vais-te sentir vinte vezes melhor!
Eu acordo todos os dias de manhã bem cedo para ir caminhar, fazer uma corrida matinal faz muito bem à saúde. Em relação à dança, eu tento sempre sair de casa uma vez por mês, para aliviar a mente e estar com os que eu amo num ambiente mais descontraído.
Ahahah, eu sou gigante e tu és uma anã :D
Beijinhos.

De Crv a 31.01.2013 às 23:07

Nao se trata so de sermos ou fortes ou fracos, temos apenas que ser sinceros com nos proprios e com o mundo que nos rodeia, rir nos quando tivermos vontade chorar mos quando necessario sem medos nem preocupaçoes de quem esteje a assistir, temos so é que estar bem com o que somos por que se nao o tivermos mais ninguem estara...nao existe perfeiçoes, todas as pessoas tem suas manias, suas loucuras, temos que ser nos os primeiros a aceitar mo nos, o resto vira naturalmente...e para alguem te compreender teras que sem medo te abrir, deixares a outra pessoa se aproximar e te conhecer bem sem medo, sem hesitar..
o principal é sermos verdadeiros...

De Chantilly a 01.02.2013 às 03:44

Antes de mais quero agradecer pelo comentário. É um óptimo conselho portanto muito obrigado mas acho que não fui explicita o suficiente no texto.
Eu sou completamente eu própria e aceito-me como sou, na verdade eu tenho muito orgulho de quem sou. Tenho pessoas que posso contar para desabafar mas prefiro guardar para mim porque sou uma pessoa reservada. Sempre pensei que não estava a fazer nada de mal e que aguentava e só procurava alguém para desabafar quando estava prestes a explodir. Acho que está na hora de mudar esse hábito porque estou a fazer muito mal a mim própria. Tenho de aprender a fazer como tu dizes chorar quando é necessário e não me preocupar com o que está à volta.
Tenho pessoas que me compreendem. A pessoa especifica que escrevi o texto costumava compreender-me... mas foi embora e tenho de aceitar esse facto.

De Crv a 01.02.2013 às 19:44

Guardar tudo para nos faz mesmo muito mal, começamos a ficar cansados de tanto peso que carregamos, começamos a perder a paciência , e tudo que guardamos um dia há de sair, e as vezes pessoas que não tem culpa no caso acabam por ser apanhadas nessa ''explosão'' sem ter culpa, acabamos por ferir quem não queríamos .
E se tens pessoas que realmente te ouvem e se preocupam fala, aproveita bem, nem todas as pessoas tem a sorte de ter alguém para falar..
e as lágrimas são um desabafo da alma, por isso também nas reprimas deixa as seguir o seu curso natural, sentir te as mais leve.
Se essa pessoa te abandonou provavelmente não te compreendia assim tanto..


De Chantilly a 04.02.2013 às 02:39

Muito obrigado pelo comentário, concordo completamente contigo. Infelizmente tens razão em tudo.
É verdade, é um fardo demasiado pesado e isso fez-me "explodir" muitas vezes ultimamente. Mas sabes da mesma maneira que há pessoas como eu que são reservadas, existem pessoas que colocam todos os fardos nos outros e eu, nem ninguém, tem as costas largas daqui à China para ter de suportar tudo e mais alguma coisa.
Acho que tens razão devia respeitar mais o curso natural das coisas e eu nunca respeitei nem respeito. Mas não é um erro, é uma aprendizagem e está a ensinar-me a crescer um pouco mais. E isso é a melhor recompensa de todas.

De Crv a 04.02.2013 às 22:33

A experiencia da vida é adquirida através das nossas quedas e erros, só assim poderemos ganhar um maior conhecimento sobre a vida.. não foi o meu caso porque sou um pouco transparente, e apesar de toda a minha timidez exteriorizo muito os sentimentos quase sempre demais só que devo...um meio termo acho que seria o aconselhável.
Um bom amigo não se importa de ouvir e ajudar quando é preciso, porque sabe que se fosse o contrario tu também estarias lá pronta para dar o teu ombro amigo...apesar de haver pessoas que não dão muito valor a isso numa amizade ainda há muitas que sim...e desabafar e pedir um conselho,  numa amizade verdadeira, faz parte... Os amigos não estao lá só na hora da festa, estao lá também para ajudar a arrumar a casa...

De Chantilly a 05.02.2013 às 23:18

Obrigado pelo comentário. Concordo com tudo que disseste.

A experiência de vida é adquirida das quedas e erros, e acho que a maneira correcta de viver a vida. É preferível uma vida em que as pessoas caem, comentem erros, arriscam e as vezes corre mal, passam vergonhas mas com algumas vitorias e acertos, do que uma vida de absolutamente nada. E se algo está errado mudasse.
Um bom amigo está sempre lá tanto para o bem e para o mal. Parece estúpido mas as vezes penso "cada um tem os seus problemas e não vou estar os meus amigos com os meus problemas.". Eu sei que eles não se importavam de ouvir e possivelmente se eu falasse isso a eles até me ofereciam "bater" mas as vezes não consigo deixar de pensar assim.
Beijinhos

De Crv a 05.02.2013 às 23:59

Como saberias o que é a felicidade se não houvesse dor??
tudo faz parte...tudo tem uma razão de ser..
No teu caso podes sempre escrever, aqui no blog, ou mesmo comprar um caderno e escrever manualmente, desabafar para paginas em branco, dar lhes algumas historias...é o que eu costumo fazer, e a mim de certa forma deixa me mais leve..
Espero ter ajudado..

De Chantilly a 06.02.2013 às 01:28

Exactamente. A vida não é só de alegrias, tem altos e baixos.

Quanto a escrever vou no terceiro caderno A4 e tenho imensos texto no computador, alguns desabafos e muitos mais de ficção, é a minha terapia sagrada de todos os dias.

Beijinhos

De Crv a 06.02.2013 às 12:33

E os verdadeiros ultrapassarão tudo isso a nosso lado.
eu não é todos os dias e a maior parte tento fazer em forma de poemas, mas vou me safando, comecei foi a escrever um livro a tempos mas preciso de sair e limpar a cabeça, se não nunca mais o acabarei, em casa a muitas distraçoes.

Beijinho
Felicidades :)

De Chantilly a 06.02.2013 às 16:46

Poemas não tenho hábito de escrever, já escrevi e até gostei mas mas não é o meu forte. Tenho histórias mas tomei a decisão de não escreve-las para já. Actualmente, só escrever textos e one shots porque acho que aprendo mais nesse tipo de registo.
Fazes bem em tentar escrever um livro. Eu costumo escrever de noite quando está tudo em silêncio e ajuda-me bastante...

Felicidades e beijinhos

Comentar post



Contacto:

chocolatequentecomchantilly@hotmail.com


Segue-me

Follow on Bloglovin

Bem-vinda!

Chocolate quente com chantilly foi criado para puder partilhar as minhas opiniões, dúvidas, dilemas e as mil e uma ideias que correm na minha cabeça. Também expressarei os meus conhecimentos sobre os assuntos que mais me despertam interesse e também servirá de desculpa para os puder aprofundar.

Falarei um pouco sobre tudo. Textos de opinião, moda, beleza, saúde, relacionamentos, séries, música, filmes, entre outros. Antes de mais quero deixar a promessa de esperança de num futuro próximo puder tratar de muitos mais temas.

Espero ainda que compreendas que não sou nenhuma profissional ou expert nos assuntos que tratarei, simplesmente, adoro pesquisar sobre os mesmos pois gosto muito de aprender sobre aquilo que me rodeia. Portanto, se houver algo que esteja incorrecto ou não concordes, comenta porque terei todo o gosto em ler e responder ou até corrigir se necessário.

Para finalizar, espero que te identifiques comigo.


Carpe diem!


calendário

Janeiro 2013

D S T Q Q S S
12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031


Afiliados: